• InicioPostagens RecentesEdifique Sua Mente!FilosofiaPensamentosFique Por Dentro!AgnosticismoAteismoBig BangBuddhaCiencia X ReligiaoConecimento CientificoDeismoIdeologia X AlienacaoReligiaoLearn English!ExtrasCuriosidades

    Mundo Estranho

    Cafe Escritor

    _____________________

    Albert Einstein

    "O ser humano vivencia a si mesmo, seus pensamentos como algo separado do resto do universo - numa espécie de ilusão de ótica de sua consciência. E essa ilusão é uma espécie de prisão que nos restringe a nossos desejos pessoais, conceitos e ao afeto por pessoas mais próximas. Nossa principal tarefa é a de nos livrarmos dessa prisão, ampliando o nosso círculo de compaixão, para que ele abranja todos os seres vivos e toda a natureza em sua beleza. Ninguém conseguirá alcançar completamente esse objetivo, mas lutar pela sua realização já é, por si só, parte de nossa liberação e o alicerce de nossa segurança interior."

    _____________________

  • Coment. Recentes:

    giovanna cunha em Brasileiro sugere existê…
    Claudio Rennó em Brasil está entre as se…
    thalhes em Inglês não…
    dorinha em Inglês não…
    wendy karoline em Inglês não…
    wlm em Inglês não…
    Dmingos José dos San… em Feira de Santana – …
    Talita em Inglês não…
    rivaldo em Inglês não…
    Ísis em Inglês não…
    Janaina em Inglês não…
    ayra em História da Líng…
    ayra em História da Líng…
    Fernando Borges em Inglês não…
    paulo cezar bastos d… em Feira de Santana – …
  • Arquivo:

Natasha Bedingfield – Unwritten.

 

Natasha Bedingfield – Unwritten.

 

Natasha Bedingfield – Unwritten. 

 

I am unwritten, can’t read my mind, I’m undefined
I’m just beginning, the pen’s in my hand, ending unplanned

Staring at the blank page before you
Open up the dirty window
Let the sun illuminate the words that you could not find

Reaching for something in the distance
So close you can almost taste it
Release your inhibitions

Feel the rain on your skin
No one else can feel it for you
Only you can let it in
No one else, no one else
Can speak the words on your lips
Drench yourself in words unspoken
Live your life with arms wide open
Today is when your book begins
The rest is still unwritten

Oh, oh

I break tradition, sometimes my tries, are outside the lines
We’ve been conditioned to not make mistakes,
But I Can’t live that way

Staring at the blank page before you
Open up the dirty window
Let the sun illuminate the words that you could not find

Reaching for something in the distance
So close you can almost taste it
Release your inhibitions

Feel the rain on your skin
No one else can feel it for you
Only you can let it in
No one else, no one else
Can speak the words on your lips
Drench yourself in words unspoken
Live your life with arms wide open
Today is when your book begins
The rest is still unwritten

Staring at the blank page before you
Open up the dirty window
Let the sun illuminate the words that you could not find

Reaching for something in the distance
So close you can almost taste it
Release your inhibitions

Feel the rain on your skin
No one else can feel it for you
Only you can let it in
No one else, no one else
Can speak the words on your lips
Drench yourself in words unspoken
Live your life with arms wide open
Today is when your book begins

Feel the rain on your skin
No one else can feel it for you
Only you can let it in
No one else, no one else
Can speak the words on your lips
Drench yourself in words unspoken
Live your life with arms wide open
Today is when your book begins
The rest is still unwritten
The rest is still unwritten
The rest is still unwritten

Oh, yeah, yeah

 

Tradução

 

Eu não estou escrita, não se pode ler minha mente, sou indefinida
Estou apenas começando, a caneta está em minha mão
Terminando o não planejado

Iniciando uma página em branco antes de você
Abrir essa janela suja
Deixando o sol iluminar as palavras que você não pôde encontrar

Procurando algo à distância
Tão perto que você pode até sentir o gosto
Liberte suas inibições

Sinta a chuva em sua pele
Ninguém pode sentir isso por você
Só você pode deixar isso acontecer
Ninguém mais, ninguém mais
Pode dizer as palavras em seus lábios
Banhe-se em palavras não ditas
Viva sua vida com os braços abertos
Hoje é o dia em que seu livro começa
O resto ainda está por ser escrito. 

Oh, oh

Eu quebro tradições, algumas vezes, minhas tentativas passam da linha
Nós fomos condicionados a não cometer erros,
Mas eu não posso viver dessa maneira

Iniciando uma página em branco antes de você
Abrir essa janela suja
Deixando o sol iluminar as palavras que você não pôde encontrar

Procurando algo à distância
Tão perto que você pode até sentir o gosto
Liberte suas inibições

Sinta a chuva em sua pele
Ninguém pode sentir isso por você
Só você pode deixar isso acontecer
Ninguém mais, ninguém mais
Pode dizer as palavras em seus lábios
Banhe-se em palavras não ditas
Viva sua vida com os braços abertos
Hoje é o dia em que seu livro começa
O resto ainda está por ser escrito. 

Sinta a chuva em sua pele
Ninguém pode sentir isso por você
Só você pode deixar isso acontecer
Ninguém mais, ninguém mais
Pode dizer as palavras em seus lábios
Banhe-se em palavras não ditas
Viva sua vida com os braços abertos
Hoje é o dia em que seu livro começa
O resto ainda está por ser escrito.

Iniciando uma página em branco antes de você
Abrir essa janela suja
Deixando o sol iluminar as palavras que você não pôde encontrar

Procurando algo à distância
Tão perto que você pode até sentir o gosto
Liberte suas inibições
Sinta a chuva em sua pele
Ninguém pode sentir isso por você
Só você pode deixar isso acontecer
Ninguém mais, ninguém mais
Pode dizer as palavras em seus lábios
Banhe-se em palavras não ditas
Viva sua vida com os braços abertos
Hoje é o dia em que seu livro começa
O resto ainda está por ser escrito.

Sinta a chuva em sua pele
Ninguém pode sentir isso por você
Só você pode deixar isso acontecer
Ninguém mais, ninguém mais
Pode dizer as palavras em seus lábios
Banhe-se em palavras não ditas
Viva sua vida com os braços abertos
Hoje é o dia em que seu livro começa
O resto ainda está por ser escrito
O resto ainda está por ser escrito
O resto ainda está por ser escrito

Oh, yeah, yeah.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: